Administração

Caderno de Campo Digital: Conheça as suas Vantagens

Importante ferramenta de gestão, o caderno de campo digital além de facilitar o registro e o acesso à informações sobre a lavoura, também colabora para a transparência da cadeia produtiva e a rastreabilidade

A gestão eficiente da fazenda ou empresa agrícola passa por uma série de ações que devem ser planejadas, executadas e registradas.

Por isso, é de grande importância a utilização de um caderno de campo para reunir todas as informações relativas à gestão agrícola, de insumos a manejos em campo.

Assim, se o caderno de campo de papel tinha a sua relevância na gestão, agora mais ainda, com a versão digital, onde é possível registrar os dados e mantê-los atualizados de uma forma muito fácil e ainda acessá-los em qualquer lugar através de um smartphone.

O caderno de campo digital, neste sentido, serve para dar mais transparência às informações sobre a produção dos alimentos, uma exigência cada vez maior da sociedade. Acompanhe este artigo e saiba mais!

O que é o caderno de campo?

É um documento onde é feito o registro de todas as atividades da produção agrícola numa fazenda ou empresa rural.

Funciona, assim, como importante ferramenta de gestão agrícola e transparência na produção de alimentos.

Além disso, no caso da produção de hortaliças e frutas, o caderno de campo visa atender à INC (Instrução Normativa Conjunta) nº 02, de 7 de fevereiro de 2017, elaborada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e pelo Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento).

Ela se aplica a todas as partes da cadeia de produtos vegetais frescos nacionais e importados quando destinados ao consumo humano.

A normativa define procedimentos para a aplicação da rastreabilidade ao longo da cadeia produtiva de produtos vegetais frescos, principalmente, para fins de monitoramento e controle de resíduos de agrotóxicos.

Assim, o Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural) de Goiás orienta que o preenchimento do caderno de campo deva ser feito durante ou depois de concluídas as atividades o campo, para garantir a precisão das informações registradas.

O que registrar no caderno de campo?

É preciso registrar as seguintes informações no caderno de campo:

  • Identificação do produtor e sua propriedade;
  • Croqui das áreas de produção;
  • Registro da aplicação de adubos e defensivos;
  • Registro das demais atividades como semeadura, podas, colheita etc; 

Além disso, alguns documentos anexos também devem ser adicionados ao caderno de campo, são eles:

  • Notas fiscais de aquisição de insumos;
  • Receituários agronômicos;
  • Notas fiscais de venda dos produtos agrícolas;

No caderno de campo, a unidade de preenchimento é o lote de produção, que pode ser: um talhão; um canteiro; uma estufa; ou grupos dessas unidades.

Mas, vale lembrar que o caderno de campo não se limita apenas à produção de hortifrutis, sendo adotado também na produção de grãos

Caderno de campo e a transparência no agronegócio

A digitalização no agronegócio brasileiro conquistou importantes avanços nos últimos anos e não só por uma necessidade do próprio setor, mas também devido à cobrança da sociedade.

É cada vez maior a preocupação das pessoas e empresas em consumir alimentos oriundos de fontes seguras e produzidos em locais livres de problemas socioambientais.

No Reino Unido, por exemplo, líderes da indústria de alimentos assinaram, em novembro de 2021, o “Manifesto da Soja do Reino Unido”, no qual se comprometem a eliminar o grão oriundo de áreas com problemas socioambientais das cadeias de suprimentos o mais rápido possível, até 2025. 

Além disso, empresas multinacionais que atuam na compra de soja brasileira também já fazem exigências parecidas por pressão dos seus acionistas. 

Caderno de campo digital e a rastreabilidade: imagem mostrando os componentes da cadeia (produtor, embalador, beneficiador, processador, distribuidor, varejista e consumidor final)
(Fonte: CNA)

Mais do que nunca, é preciso que todos as partes da cadeia (agricultores, beneficiadores, atacadistas, varejistas etc) atuem no fortalecimento das práticas de rastreabilidade.

Por isso, a adoção de boas práticas no campo e a transparência na gestão dos processos produtivos são cada vez mais necessárias e podem se beneficiar do uso de tecnologias digitais para se tornarem mais práticas. 

De acordo com uma pesquisa publicada em 2020 pela Embrapa, Sebrae e o Inpe, estima-se que, no Brasil, 8 em cada 10 agricultores empreguem ao menos uma ferramenta digital em suas atividades no campo.

Esse avanço é resultado também do trabalho das agtechs (startups do agro), espalhadas por todo o país. Vale destacar que são mais de 20 hubs de inovação agropecuária em todo território nacional.

O Radar Agtech Brasil 2020/2021, por exemplo, contabiliza 1.574 agtechs, entre elas a Agrosmart, que apresenta soluções diversas em tecnologias digitais para o agro no país.

Uma delas é o caderno de campo digital, que facilita os processos ligados à rastreabilidade, uma exigência dos principais mercados compradores de alimentos.

Quais as vantagens de um caderno de campo digital?

A versão digital do caderno de campo apresenta diversas vantagens em relação ao de papel ou aqueles em planilhas do Excel, dentre elas estão:

  • Praticidade para registrar os dados;
  • Maior facilidade para acessar, visualizar e analisar as informações registradas;
  • Menor risco de perda ou dano das informações e documentos, uma vez que ficam armazenados online;
  • Possibilidade de acessar os registros em qualquer lugar;
  • Facilidade, uniformidade e transparência no registro de informações sobre as aplicações de adubos e defensivos, e dos manejos realizados;

Com o caderno de campo digital é possível, ainda, realizar o arquivamento virtual de documentos antes guardados em gavetas ou locais suscetíveis a algum dano. E assim, manter um histórico de dados e informações de maneira mais prática e segura.

Basta registrar o documento por meio de uma foto usando o celular, fazer o upload para o sistema e acessar quando e onde quiser.

Isso porque, é de grande importância o armazenamento seguro desses documentos, pois eles servem para diversas situações, como em processos de certificações ou selos agrícolas.

Conclusão

O caderno de campo é uma importante ferramenta de gestão, monitoramento e rastreabilidade de produtos agrícolas.

De uso obrigatório no setor de frutas e hortaliças, é possível adotá-lo na produção de qualquer cultura e melhor, de forma digital. 

Isso porque os cadernos de campo digitais permitem uma melhor organização e armazenamento das informações e documentos, o que contribui para a transparência e  a rastreabilidade da atividade agrícola.

Além disso, ele facilita também a administração da propriedade ou empresa agrícola, favorecendo a gestão de riscos e o monitoramento da produção e da cadeia.

Mostrar mais

Mário Bittencourt

Jornalista e pós-graduado em Agricultura de Precisão.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo